PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Estilo de vida

Quem arrematou famosa obra de Andy Warhol por US$ 195 milhões

Icônica ‘Shot Sage Blue Marilyn’ foi vendida para um famoso negociante de arte, que aos 77 anos administra um império com 19 exposições no mundo

Maior negociante do arte do mundo venceu outros licitantes em Nova York e levou a obra, mas não disse para quem ela foi adquirida
Por Low De Wei
10 de Maio, 2022 | 06:53 pm
Tempo de leitura: 2 minutos

Bloomberg — O retrato de Marilyn Monroe em cores vivas criado Andy Warhol em leilão por um recorde de US$ 195 milhões chamou a atenção de Larry Gagosian, o vencedor do leilão e mega negociante do mundo da arte. Ele não revelou quem foi o beneficiário da compra.

Aqui está o que você precisa saber sobre o empresário que conseguiu arrematar a obra mais cara de um artista americano vendida em leilão:

PUBLICIDADE

Quem é Larry Gagosian?

Dono de uma das maiores galerias de arte do mundo, Gagosian é frequentemente descrito como o negociante de arte mais importante do mundo. Com 77 anos, ele administra um império de arte com 19 estabelecimentos para exposições em todo o mundo, da Madison Avenue de Nova York ao coração do distrito financeiro de Hong Kong.

O modelo de negócios de “mega galeria” da Gagosian tem sido uma grande força motriz da expansão mundial do mercado de arte nas últimas duas décadas. Suas galerias costumam apresentar grandes exposições que rivalizam com as dos principais museus, incluindo uma exposição de 2017 em Londres com obras de Pablo Picasso.

Negociante de arte passou de vender pôsteres em um estacionamento para se tornar uma das figuras mais poderosas do mundo da artedfd

Qual é sua história?

Neto de imigrantes armênios, estudou literatura inglesa e integrou o time de natação da UCLA. Ele então passou de vender pôsteres em um estacionamento em Los Angeles na década de 1970 para se tornar uma das figuras mais poderosas do mundo da arte.

PUBLICIDADE

“Eu não tinha família no setor. Nunca trabalhei para outra galeria”, disse ele à Bloomberg News em 2020. “Então, por natureza, sou um sobrevivente e um empresário.”

Ele representou Warhol e vendeu a imagem serigráfica de Monroe para o colecionador de arte suíço Thomas Ammann em 1986. O portfólio de artistas de Gagosian também inclui Damien Hirst, Jeff Koons, Takashi Murakami, Richard Prince e Cy Twombly, muitos deles conquistados de rivais.

Com quem ele negocia?

Colecionadores de arte que são clientes de negociantes como Gagosian geralmente preferem o anonimato. Ainda assim, ele é conhecido por adquirir obras de arte para os ricos e famosos, incluindo o gerente de fundos de hedge Steve Cohen, o magnata da indústria do entretenimento David Geffen e o CEO da Blackstone (BLK) Steve Schwarzman.

Ele não quis comentar sobre a venda do Shot Sage Blue Marilyn de Warhol, depois de vencer os licitantes da casa de leilões Christie’s em Nova York. Embora Gagosian não tenha revelado detalhes de seus negócios ou riqueza, estima-se que ele fature US$ 1 bilhão em vendas anualmente.

Quais são suas controvérsias?

As relações de Gagosian com uma clientela rica muitas vezes o colocam no meio de disputas acaloradas, incluindo uma entre o bilionário de Nova York Leon Black e um membro da família real do Catar sobre a propriedade da escultura Busto de Mulher, de Picasso. Ao passo que Gagosian afirmou ter comprado a escultura para Black por US$ 106 milhões, um agente do xeque Jassim bin Abdul Aziz Al-Thani e a Autoridade de Museus do Qatar rebateram que eles haviam fechado um acordo anterior para a obra de arte por US$ 47,4 milhões. Os dois lados finalmente chegaram a um acordo em 2017, e Black recebeu a escultura.

Ele também reconheceu a natureza intelectual de seus negócios. “Acredito na popularização da arte. Mas quando você vai direto ao assunto, é um mundo um pouco elitista”, disse ele à Wall Street Journal Magazine em 2016. “Não apenas economicamente elitista – quantas pessoas leem poesia?”

PUBLICIDADE

--Com a colaboração de James Tarmy.

--Este texto foi traduzido por Bianca Carlos, localization specialist da Bloomberg Línea.

Veja mais em Bloomberg.com

PUBLICIDADE

Leia também

Elon Musk diz que reverteria a expulsão de Trump do Twitter

Os 10 carros mais vendidos no Brasil em abril

Últimas BrasilEstilo de vidaArte
PUBLICIDADE