Agro

Maior fabricante de fertilizantes do mundo vê caos no mercado para além de 2022

Expectativa é que as sanções impostas à Rússia continuem a desorganizar grande parte da oferta mundial de fertilizantes

A Mosaic, gigante americana de fertilizantes, também vê a crise se estender no setor para além de 2022
Por Jen Skerritt
03 de Maio, 2022 | 08:45 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — A Nutrien, maior empresa de fertilizantes do mundo, está avaliando se deve aumentar sua produção, já que as interrupções no fornecimento provavelmente devem se estender para além de 2022.

Os preços dos fertilizantes subiram para níveis recorde após a invasão da Ucrânia pela Rússia, e as sanções contra a Belarus, que desorganizaram uma grande parte da oferta mundial de fertilizantes.

As sanções têm o potencial de criar impactos mais duradouros, já que levará tempo para reconstruir a capacidade de exportação da região e os compradores procuram obter suprimentos de fontes alternativas, disse o CEO da Nutrien, Ken Seitz.

A empresa está “observando o potencial de acelerar o aumento da produção de potássio”, disse Seitz nesta terça-feira (3) na teleconferência de resultados do primeiro trimestre da empresa. As interrupções, segundo ele, “podem durar muito além de 2022″.

PUBLICIDADE

A empresa canadense já disse que aumentaria a produção de potássio em cerca de 1 milhão de toneladas em 2022 para 15 milhões de toneladas, com a maior parte do volume adicional chegando no segundo semestre do ano.

A Rússia e Belarus respondem por cerca de 40% da produção e exportações globais de potássio, de acordo com a Nutrien. A americana Mosaic, também de fertilizantes, disse em uma teleconferência de resultados que também espera que o “aperto” do setor deve se estender.

– Esta notícia foi traduzida por Melina Flynn, Content Producer da Bloomberg Línea.

Veja mais em Bloomberg.com

PUBLICIDADE

Leia também

Venezuela tenta reviver moeda local impondo novo imposto sobre o dólar

UCRÂNIA: Papa Francisco pressiona por conversas diretas com Putin

PUBLICIDADE