PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Mercados

Nasdaq avança 2% com resultado de empresas tech

Enquanto isso, o S&P 500 se recuperava do fechamento mais baixo em mais de um mês, com avanço em todos os 11 principais grupos

Nasdaq
Por Stephen Kirkland e Vildana Hajric
19 de Abril, 2022 | 03:29 pm
Tempo de leitura: 2 minutos

Bloomberg — As ações americanas ampliavam os ganhos com os investidores pesando a resiliência da economia em relação às perspectivas de ação política monetária mais agressiva para conter a inflação. Os rendimentos do Tesouro subiam, enquanto o petróleo recuava.

O S&P 500 se recuperou do fechamento mais baixo em mais de um mês, com todos os 11 principais grupos do setor avançando, exceto energia. O Nasdaq 100, pesado em tecnologia, avançava até 2%. O rendimento do Tesouro de 10 anos atingiu um novo pico de três anos, enquanto os rendimentos de 10 anos da Alemanha e do Reino Unido subiram para o maior desde 2015.

PUBLICIDADE

Investidores - que já apostam em um aumento de quase meio ponto na taxa do Federal Reserve no próximo mês - estão reavaliando as expectativas mais apertadas depois que o presidente do Fed de St. Louis, James Bullard, disse que altas de até 75 pontos-base não devem ser descartados. O último aumento dessa magnitude foi em 1994.

“Geralmente, a maioria dos mercados está focada em quão rápido o Fed e outros bancos centrais irão e, finalmente, em quais taxas vão parar”, disse Brian Nick, estrategista-chefe de investimentos da Nuveen, por telefone. “Por trás de tudo isso, porém, está o fato de que os dados econômicos ainda são bastante sólidos.”

A temporada de balanços continuou na terça-feira, com a Johnson & Johnson (JNJ) subindo depois de divulgar resultados do primeiro trimestre que superaram as estimativas e elevaram seus dividendos. O avanço ocorre apesar da farmacêutica cortar sua previsão de lucro anual e suspender as orientações para as vendas de vacinas contra a covid-19.

PUBLICIDADE

Até agora, com apenas 48 empresas no S&P 500 reportando resultados, 79% publicaram surpresas positivas, mostram dados compilados pela Bloomberg. Na segunda-feira, o Bank of America (BAC) juntou-se a uma série de lucros superados por grandes credores. A Netflix (NFLX) e a International Business Machines Corp. devem divulgar o relatório após o fechamento da terça-feira.

“A temporada de resultados do primeiro trimestre dos EUA, que continua esta semana, parece ser positiva, e prevemos um crescimento de 10% no lucro por ação em 2022 em geral e 7% em 2023″, disse Mark Haefele, diretor de investimentos do UBS Global. “Neste cenário, os investidores também devem buscar valor de longo prazo nas ações. Períodos de maior volatilidade e incerteza do mercado muitas vezes podem levar a pontos de entrada atraentes de longo prazo em áreas de crescimento estrutural”.

Últimas BrasilS&P 500NasdaqNetflixJohnson & JohnsonUBSBank of America
PUBLICIDADE