Internacional

AO VIVO: Ucrânia atinge cruzador de mísseis russo, que afunda na volta ao porto

Rússia ameaçou implantar armas nucleares dentro e ao redor da região do Mar Báltico se a Finlândia e a Suécia se juntarem à Otan

Guerra chega ao 50º dia
Por Bloomberg News
14 de Abril, 2022 | 06:47 pm
Tempo de leitura: 9 minutos

Bloomberg — O cruzador de mísseis russo Moskva afundou enquanto era rebocado de volta ao porto, informou o Ministério da Defesa em Moscou, segundo agências de notícias russas. As forças armadas da Ucrânia disseram que o carro-chefe da frota do Mar Negro de Moscou foi atingido por mísseis.

A Rússia pode reverter mais controles de capital impostos para estabilizar os mercados após sua invasão, agora em seu 50º dia. O presidente Joe Biden anunciou US$ 800 milhões em ajuda militar adicional dos EUA para a Ucrânia, e a União Europeia concordou em fornecer mais dinheiro para armas.

O navio de guerra Moskva será rebocado de volta ao porto após um incêndio, disse Moscou. As forças armadas da Ucrânia disseram que o carro-chefe da frota russa do Mar Negro foi atingido por mísseis antinavio. A Rússia continua a reposicionar suas forças para novos ataques no leste e sul da Ucrânia, embora o Reino Unido tenha dito que a defesa contínua de Mariupol pelos militares de Kiev está prendendo um número significativo de tropas e equipamentos russos.

A Rússia reiterou um alerta se a Finlândia e a Suécia decidirem se juntar à Otan. A UE disse aos Estados membros que cumprir a exigência do presidente Vladimir Putin de que as importações de gás da Rússia sejam pagas em rublos violaria as sanções.

PUBLICIDADE

Veja mais atualizações no horário de Brasília:

Navio de guerra russo afunda no caminho de volta ao porto, diz Moscou (17h19)

O cruzador russo Moskva, o carro-chefe de sua frota no Mar Negro, afundou durante uma tempestade enquanto estava sendo rebocado de volta ao porto, disse o Ministério da Defesa em Moscou, segundo a agência de notícias Tass.

Os militares da Ucrânia dizem que o navio foi atingido por mísseis de cruzeiro anti-navio “Neptune”, resultando em danos significativos e um incêndio. A Rússia havia relatado incêndios localizados a bordo que causaram a detonação de munição. O Moskva normalmente tem uma tripulação de cerca de 500 pessoas. As agências de notícias russas informaram que eles foram evacuados.

Blinken diz que a China recebeu uma ‘orelhada’ da Europa na invasão (15h46)

A China recebeu uma “longa bronca da Europa” sobre seu fracasso em “ficar de pé e falar” contra a invasão da Ucrânia pela Rússia, disse o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, em um evento organizado pela Universidade de Michigan.

PUBLICIDADE

Isso é algo que a China “tem que levar em consideração em seu cálculo”, pois busca “desenvolver, fortalecer, aprofundar suas relações com a Europa”, disse Blinken.

França realoca funcionários de volta para embaixada de Kiev (14h45)

A França está realocando funcionários diplomáticos para sua embaixada em Kiev, depois que o pessoal foi evacuado para Lviv no início de março. As tropas russas deixaram em grande parte a capital ucraniana enquanto pressionam sua campanha no leste e sul do país.

A medida permitirá que a França aprofunde ainda mais seu apoio ao país, incluindo ajuda humanitária e esforços para investigar alegações de crimes de guerra cometidos por forças russas, disse o Ministério das Relações Exteriores em comunicado nesta quinta-feira.

Autoridades russas acusadas de conspiração de desinformação dos EUA (14h25)

Uma acusação dos EUA contra Aleksandr Babakov, vice-presidente da Duma estatal na Rússia; Aleksandr Vorobev, chefe de gabinete de Babakov; e Mikhail Plisyuk, um membro da equipe de Babakov, foi aberto em um tribunal federal em Manhattan. Eles foram acusados de buscar reuniões com membros do Congresso, oferecendo a um deles uma viagem gratuita à Crimeia em 2017.

Eles foram acusados de conspirar para afetar a política dos EUA em relação à Rússia com eventos encenados e propaganda. O governo russo negou que tenha se envolvido em esforços de desinformação.

Ucrânia permitirá venda de câmbio para indivíduos (14h17)

A Ucrânia permitirá as vendas de câmbio a partir de 14 de abril para ajudar a reduzir o mercado ilegal de dinheiro em câmbio, disse o Banco Nacional da Ucrânia em seu site.

PUBLICIDADE

A taxa dos bancos na venda de dinheiro em moeda estrangeira para pessoas físicas pode desviar em 10% da taxa oficial do banco central, e a taxa para comprar dinheiro em moeda estrangeira de pessoas físicas não pode ser inferior à taxa do banco central.

Biden diz EUA podem enviar um funcionário para visitar a Ucrânia (13h20)

Biden disse que seu governo está decidindo se enviará um alto funcionário dos EUA para visitar a Ucrânia. “Estamos tomando essa decisão agora”, disse ele a repórteres antes de partir de Washington para uma viagem à Carolina do Norte.

Ele não disse qual funcionário poderia fazer tal visita. O Politico informou na quarta-feira, citando autoridades não identificadas, que o governo está considerando enviar o secretário de Estado Antony Blinken ou o secretário de Defesa Lloyd Austin.

Ajuste nas sanções da UE permite venda de alguns proprietários de aviões (12h15)

Uma emenda às sanções da UE na semana passada criou um caminho potencial para alguns financiadores de aeronaves venderem jatos mantidos na Rússia para as companhias aéreas que agora os operam sem permissão.

PUBLICIDADE

A medida permite que os governos da UE concedam permissão para que entidades em seus estados continuem recebendo pagamentos de empresas russas nos chamados arrendamentos financeiros assinados antes de 26 de fevereiro. A propriedade do avião pode ser transferida assim que o arrendamento for pago. Não está claro quantos dos cerca de 500 aviões de propriedade estrangeira presos na Rússia são potencialmente elegíveis para a exceção. A maioria das aeronaves está sob um tipo diferente de arrendamento.

Scholz é acusado de entregas lentas de armas na Ucrânia (11h51)

O chanceler alemão Olaf Scholz enfrenta intensa pressão de membros de sua coalizão governista para aumentar as entregas de armas pesadas, como tanques e caças, para ajudar a Ucrânia a combater as tropas russas.

Apesar de iniciar uma reversão histórica da política de defesa anteriormente frugal da Alemanha nos estágios iniciais da guerra, Scholz desde então parece hesitante em ir além do fornecimento inicial de equipamentos de proteção, munições e foguetes para derrubar tanques e aeronaves russos.

O plano de ‘Sexta-feira Santa’ do Papa atrai a ira de Kiev (11h03)

A decisão do Vaticano de colocar um ucraniano e um russo lado a lado durante a celebração da Sexta-feira Santa está sendo criticada por equiparar vítimas a seus agressores, e chamou a atenção para a recusa do líder católico em condenar explicitamente Moscou pela invasão.

PUBLICIDADE

Um memorando interno do Vaticano visto pela Bloomberg disse que os ucranianos que trabalham no Vaticano ficaram desconcertados com o plano. Também alertou sobre possíveis protestos durante a celebração da Via Sacra no Coliseu na sexta-feira em Roma, que o Papa Francisco deve liderar.

FMI soa alerta sobre as perspectivas de crescimento global e inflação (10h10)

O Fundo Monetário Internacional disse que a guerra corre o risco de corroer a recuperação mundial da pandemia de covid-19 e instou os bancos centrais a agirem decisivamente para conter a inflação.

PUBLICIDADE

A instituição cortará a previsão de crescimento global para este ano e no próximo, disse a diretora-gerente Kristalina Georgieva antes das reuniões de primavera do FMI e do Banco Mundial que começam na segunda-feira (18). A guerra está estimulando o fundo a reduzir suas perspectivas de PIB para 2022 para 143 países membros – um grupo que responde por 86% da produção global.

Líderes da UE discutem compras conjuntas de gás (9h50)

O objetivo será evitar competir entre si por fontes alternativas de energia no esforço de eliminar gradualmente as compras da Rússia.

A cúpula de dois dias do bloco, a partir de 30 de maio, deve abranger um mecanismo de solidariedade para apoiar os Estados membros que enfrentam escassez de gás, interconexões energéticas no bloco, segurança do fornecimento de energia e possíveis mudanças no mercado de eletricidade da UE, segundo pessoas familiarizadas com o discussões.

PUBLICIDADE

Putin procura diversificar as exportações de energia para a Ásia (9h45)

A Rússia precisa transferir suas exportações de energia para mercados além da Europa, disse Putin em um comunicado televisionado. Ele acrescentou que a Europa não tem alternativa imediata ao gás russo e que as tentativas de espremer a energia russa dos suprimentos globais desestabilizarão os mercados e elevarão os preços.

EUA visam entidades que evitam sanções contra a Rússia (9h40)

O conselheiro de segurança nacional do presidente Joe Biden, Jake Sullivan, disse ao Economic Club of Washington que os EUA estão focados em impedir a evasão das sanções impostas até agora e terão um anúncio sobre isso nos próximos dias. Ele não ofereceu mais detalhes.

PUBLICIDADE

Ucrânia relata outra troca de prisioneiros (9h30)

A vice-primeira-ministra Iryna Vereshchuk disse que a troca com a Rússia envolveu 30 ucranianos, incluindo 8 civis. Vereshchuk disse esta semana que a Rússia capturou cerca de 1.700 soldados e civis ucranianos.

Inflação na Ucrânia pode ultrapassar 20% em 2022 (8h38)

A inflação ucraniana pode ultrapassar 20% este ano, a maior desde 2015, já que a invasão da Rússia interrompe a produção e as cadeias de suprimentos, disse o banco central.

O banco também espera que a economia do país encolha pelo menos um terço devido ao declínio do consumo à medida que milhões de pessoas fogem do país, enquanto o desemprego está aumentando em meio à guerra da Rússia contra a Ucrânia. Ainda assim, a atividade econômica começou a se recuperar em abril e a participação das empresas que encerraram totalmente as operações caiu para 23% este mês, de mais de 30% em março.

PUBLICIDADE

O Banco Nacional da Ucrânia reiterou que retornará à meta de inflação com taxa flutuante de hryvnia e interromperá o financiamento do orçamento depois que a economia começar a funcionar normalmente.

Navio de guerra russo será rebocado para o porto (8h19)

O cruzador russo Moskva será rebocado para o porto para exame, disse o Ministério da Defesa russo de acordo com um relatório da Interfax, que acrescentou que o principal equipamento de mísseis do navio não foi danificado.

O Moskva foi atingido por mísseis de cruzeiro antinavio “Neptune”, resultando em danos significativos e um incêndio, de acordo com um comunicado das forças armadas da Ucrânia postado no Facebook: “Uma poderosa explosão da munição derrubou o cruzador e começou a afundar .”

A condição da nau capitânia da frota russa do Mar Negro, que normalmente tem uma tripulação próxima de 500, permanece incerta. A Rússia diz que houve incêndios localizados a bordo, causando a detonação de munição, com a causa sob revisão.

Petropavlovsk despenca ao considerar vender minas de ouro (7h03)

A Petropavlovsk, que já foi uma das maiores mineradoras de ouro listadas em Londres, disse que está pensando em vender todos os seus ativos, já que as sanções contra a Rússia significam que ela não pode vender o ouro que produz no país ou pagar suas dívidas.

As ações despencaram até 20% em Londres com as notícias e caíram mais de 90% desde o início da invasão russa da Ucrânia.

Holanda diz às empresas que não paguem pelo gás em rublos (6h26)

A Holanda disse que não permitirá que empresas holandesas aceitem uma demanda de Moscou para pagar o gás em rublos. Os fluxos de gás russo para a Holanda são baixos para os padrões regionais. Mas a medida pode aumentar a pressão sobre outros países europeus para se alinharem.

Ucrânia precisa de US$ 7 bilhões por mês, diz Zelenskiy à UE (6h15)

A Ucrânia precisa de US$ 7 bilhões por mês em ajuda financeira imediata para cobrir pagamentos e salários sociais, disse o presidente Volodymyr Zelenskiy à presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, quando visitou Kiev na semana passada, segundo pessoas familiarizadas com o assunto.

Zelenskiy também discutiu os desafios que a Ucrânia enfrenta ao tentar exportar seus grãos, com von der Leyen dizendo que o bloco usaria seus procedimentos acelerados de passagem de fronteira para ajudar, disseram as pessoas.

Ações russas caem pelo quinto dia (4h23)

O índice de referência de ações da Rússia MOEX caiu pelo quinto dia, com a Rússia reiterando um aviso se a Noruega e a Suécia decidirem se juntar à Otan. As ações acumulam queda de cercad de 3,8% na semana.

Ações e títulos do governo na Europa estavam estáveis, já que os investidores aguardam a reunião do banco central na quinta-feira para obter pistas sobre o caminho da política monetária.

O salto nos custos alimentado por commodities, exacerbado pela guerra da Rússia na Ucrânia, continua a se espalhar pela economia global e temperar o sentimento do mercado.

Rússia pode transferir armas nucleares para o Báltico se Suécia e Finlândia aderirem à Otan (4h46)

A Rússia ameaçou implantar armas nucleares dentro e ao redor da região do Mar Báltico se a Finlândia e a Suécia se juntarem à Organização do Tratado do Atlântico Norte, à medida que as tensões alimentadas pela invasão da Ucrânia por Vladimir Putin se espalham.

“Neste caso, não se pode falar de status não nuclear para o Báltico”, disse Dmitry Medvedev, vice-chefe do Conselho de Segurança e ex-presidente, em um post do Telegram na quinta-feira, sugerindo que a Rússia pode implantar mísseis Iskander, armas hipersônicas e navios com armas nucleares na região.

A Rússia advertiu repetidamente as duas nações sobre as consequências se decidirem se juntar à aliança.

PUBLICIDADE