PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cripto

Binance recebe aprovação para operar como corretora em Abu Dhabi

Maior exchange de criptomoedas do mundo por volume de negociação ainda precisa concluir o processo de inscrição, segundo executivo

Exchange quer expandir sua presença no Golfo Pérsico.
Por Ben Bartenstein
10 de Abril, 2022 | 11:07 am
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg News — A Binance Holdings Ltd. recebeu “aprovação em princípio”, isto é, sujeita ao cumprimento de condições previstas, do Abu Dhabi Global Market para operar como corretora de ativos virtuais.

A maior exchange de criptomoedas do mundo por volume de negociação ainda precisa concluir o processo de inscrição, disse Richard Teng, chefe da empresa para o Oriente Médio e norte da África e ex-executivo da ADGM, à Bloomberg.

Se o licenciamento completo para Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos, for bem-sucedido, a exchange disse que poderia oferecer seus serviços de ativos virtuais a clientes em toda a região do Oriente Médio e norte da África por meio de uma subsidiária, a Binance (AD) Ltd. – um impulso da empresa para expandir sua presença no Golfo Pérsico, após aprovações em Bahrein e Dubai, a capital comercial dos Emirados Árabes Unidos.

“A Binance tem engajado ativamente os reguladores globais, como a ADGM, como parte de seu compromisso contínuo de manter os padrões globais e promover coletivamente os desenvolvimentos e o crescimento sustentável do ecossistema de criptomoedas”, disse Teng.

PUBLICIDADE

Os Emirados Árabes Unidos, inclusive, surgiram como uma jurisdição preferencial para trocas de criptomoedas. A FTX, uma das principais concorrentes da Binance, recebeu uma licença do provedor de serviços de ativos virtuais (VASP, em inglês) em Dubai no mês passado. A BitOasis, primeiro VASP reconhecido no país, também obteve aprovação provisória do órgão regulador. Bybit e Crypto.com também estão expandindo sua presença.

Changpeng ‘CZ’ Zhao, cofundador e CEO da Binance, disse à Bloomberg no final do mês passado que Dubai será sua base para o “futuro previsível” e que por “qualquer interpretação comum” é a sede da empresa. Muitos dos funcionários da companhia seguirão seu exemplo de se mudar para a cidade repleta de arranha-céus nos próximos meses, disse ele.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também:

Bulgari faz relógio mais fino do mundo, com NFT, por € 400 mil