PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Mercados

Real sobe ao nível mais forte desde março de 2020

Ativos brasileiros vêm atraindo investidores de mercados emergentes, apesar do aumento da volatilidade global

Investidores estrangeiros, que impulsionaram a alta do real nos dois primeiros meses do ano, estão retomando suas apostas otimistas
Por Davison Santana
24 de Março, 2022 | 09:32 am
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — O real estendeu seu rali mundial e atingiu o nível mais forte desde março de 2020, à medida que os estrangeiros se acumulavam nos ativos locais do país.

PUBLICIDADE

A moeda se valoriza 0,2% nesta quinta-feira, para R$ 4,8166 por dólar, a maior em mais de dois anos. A alta acumula 15,8% este ano, liderando os ganhos entre todas as principais moedas monitoradas pela Bloomberg.

Os ativos brasileiros vêm atraindo investidores de mercados emergentes, apesar do aumento da volatilidade global devido à sua exposição a commodities, altas taxas de juros e algum espaço fiscal, apesar do aumento dos gastos antes da eleição presidencial.

PUBLICIDADE

O real brasileiro ganhou força após ultrapassar o nível de R$ 4,8942 por dólar visto pela última vez em junho de 2021, o que desencadeou paradas em posições de baixa. A moeda agora não tem barreira técnica significativa até os R$ 4 por dólar, uma importante marca psicológica.

Investidores estrangeiros, que impulsionaram a alta do real nos dois primeiros meses do ano, estão retomando suas apostas otimistas depois de ficarem à margem por algumas semanas devido à guerra Rússia-Ucrânia. Os não residentes reduziram suas posições compradas em dólar por meio de derivativos em US$ 3,9 bilhões de dólares entre 14 e 23 de março, enquanto as ações locais atraíram US$ 1,6 bilhão na semana encerrada em 18 de março, quase quatro vezes a entrada da semana anterior, segundo dados da bolsa local B3.

Veja mais em Bloomberg.com

Leia também

Dólar barato provoca corrida por papel moeda no Itaú e Bradesco

Mercados sem rumo na Europa e em alta nos EUA; diplomacia inspira prudência