PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Internacional

Pink Floyd remove música de plataformas digitais da Rússia

Histórico de 35 anos está sendo retirado de provedores de música digital russos e bielorrussos em protesto à invasão da Ucrânia

Pink Floyd anuncia retirada de músicas de plataformas digitais da Rússia
Por Victoria Cavaliere
12 de Março, 2022 | 05:28 pm
Tempo de leitura: <1 minuto

Bloomberg — O Pink Floyd está removendo todas as suas músicas dos últimos 35 anos de provedores de música digital na Rússia e em Belarus em protesto contra a invasão da Ucrânia por Moscou. David Gilmour, ex-vocalista e guitarrista da banda, anunciou em sua conta no Twitter que também removerá todas as suas gravações solo das plataformas. Ele disse que estava fazendo isso “para apoiar o mundo em condenar fortemente a invasão da Ucrânia pela Rússia”.

Já Roger Waters, cofundador da banda que deixou o Pink Floyd em 1985, também condenou o presidente russo Vladimir Putin pela guerra. “Estou enojado com a invasão da Ucrânia por Putin, é um erro criminoso na minha opinião, o ato de um gângster, deve haver um cessar-fogo imediato”, escreveu ele em carta aberta esta semana.

PUBLICIDADE

A banda, uma das mais influentes da história do rock, junta-se a uma lista crescente de artistas, marcas, empresas e países que se retiraram da Rússia devido à invasão da Ucrânia. Uma das maiores promotoras de shows do mundo, a Live Nation Entertainment Inc., anunciou que não fará mais shows na Rússia e está demitindo fornecedores russos.

Leia mais em Bloomberg.com

Leia também

PUBLICIDADE