PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
ESG

Vale demite 157 funcionários após resultado de programa de denúncias

Canal da empresa recebeu 6.248 denúncias, consultas e reclamações como parte do programa de ética e compliance

Entre os incidentes graves confirmados em 2021 estão 11 casos de assédio sexual no Brasil, todos envolvendo vítimas do sexo feminino
Por James Attwood
11 de Março, 2022 | 03:52 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — No exemplo mais recente da tentativa da indústria de mineração em se livrar de uma cultura tradicionalmente tóxica no local de trabalho, a Vale (VALE3) revelou os resultados de um programa de denúncias que resultou na demissão de 157 funcionários.

Como parte do programa de ética e compliance da Vale, um canal da empresa recebeu 6.248 denúncias, consultas e reclamações, resultando em 3.014 ações corretivas, informou a empresa em apresentação com data de 10 de março.

Entre os incidentes graves confirmados em 2021 estão 11 casos de assédio sexual no Brasil, todos envolvendo vítimas do sexo feminino, e três casos de discriminação, incluindo dois por questões de gênero e um por orientação sexual. Foram 18 casos confirmados de assédio moral.

Os resultados do programa de ética e conformidade da Vale ocorrem após a publicação de uma análise externa da concorrente Rio Tinto, que mostrou intimidação e assédio generalizados.

PUBLICIDADE

As empresas de mineração buscam melhorar a cultura em seus ambientes de trabalho ainda dominados por homens e, muitas vezes, em locais remotos, pois enfrentam pressão constante de investidores, governos e sociedade civil para lidar com seus impactos nas comunidades e no meio ambiente.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também

Exportadoras ucranianas desmantelam negócios para alimentar a própria população