Estilo de vida

Quer morar em uma casa da Disney? Logo será possível

Comunidades serão destinadas a pessoas de todas as idades, mas com bairros específicos para os acima de 55 anos

Empresa gostaria de levar a magia dos parques para as pessoas, independente do lugar em que estão
Por Mary Biekert
19 de Fevereiro, 2022 | 08:20 am
Tempo de leitura: 2 minutos

Bloomberg — Com uma nova gama de comunidades residenciais, a Walt Disney (DIS) diz que está passando de “contar histórias” para a “viver em histórias”. A empresa de parques temáticos e entretenimento com sede em Burbank, Califórnia, anunciou na quarta-feira (16) que planeja desenvolver diversos projetos imobiliários em todo o país, começando em Rancho Mirage, Califórnia.

O novo negócio de incorporação imobiliária será chamado de “Storyliving by Disney”, disse a empresa em comunicado à imprensa. Os planos estão em andamento para o primeiro projeto na região do deserto, que fica perto de onde o fundador da empresa, Walt Disney, já teve uma casa. Outros locais nos Estados Unidos também serão explorados, segundo a empresa.

O projeto em Rancho Mirage, apelidado de Cotino, está sendo construído em colaboração com a DMB Development, do Arizona, especializada em comunidades planejadas. O projeto de 618 acres (250 hectares), dos quais 24 acres (9,7 hectares) são uma lagoa, incluirá pelo menos uma seção para moradores com 55 anos ou mais, e os compradores de imóveis poderão escolher entre chácaras, casas e apartamentos. A Disney declarou que suas comunidades serão voltadas para todas as idades, mas todas incluirão bairros para pessoas com mais de 55 anos.

Funcionários da Disney “treinados no lendário serviço de atendimento a hóspedes da empresa” irão operar a associação de condôminos, disse a empresa. A Disney também oferecerá acesso a “experiências personalizadas”, incluindo programação de bem-estar, entretenimento, empreendimentos filantrópicos e seminários. Os Disney Imagineers – seu termo para designers dos parques– ajudarão a desenvolver as comunidades, embora não esteja claro o quanto a marca Disney estará presente.

PUBLICIDADE

“Enquanto nos preparamos para entrar em nosso segundo século de existência, estamos desenvolvendo novas e empolgantes maneiras de levar a magia da Disney para as pessoas onde quer que estejam, expandindo as histórias para a vida cotidiana”, disse Josh D’Amaro, presidente da divisão de parques da Disney.

Propriedades residenciais não são um negócio totalmente novo para a Disney. A empresa desenvolveu a cidade de Celebration, na Flórida, (9,9 mil habitantes) na década de 1990, trazendo arquitetos famosos como Philip Johnson e Michael Graves para projetar as estruturas. A empresa vendeu casas de luxo perto do Walt Disney World por anos como parte de um resort residencial. O parque temático Epcot foi originalmente concebido por Walt Disney para ser um lugar onde as pessoas pudessem viver, trabalhar e se divertir.

--Este texto foi traduzido por Bianca Carlos, localization specialist da Bloomberg Línea.

Veja mais em Bloomberg.com

Leia também: Home office: trabalho remoto revolucionou permanentemente as viagens

PUBLICIDADE