PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Negócios

JetBlue pede jatos Airbus para acelerar aposentadoria de Embraer

Os A220 adicionais permitem que a transportadora “acelere nossos planos de modernização da frota para oferecer um desempenho de custo mais forte

Os A220 oferecem à JetBlue 40 assentos a mais por jato do que a atual frota do E190 com 100 assentos
Por Justin Bachman
15 de Fevereiro, 2022 | 01:06 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — JetBlue Airways está comprando 30 aviões adicionais Airbus SE A220-300 para reforçar sua frota e permitir a aposentadoria mais rápida de aeronaves mais antigas.

A compra, por meio do exercício de opções anteriores, eleva o pedido total do jato com corredor único da JetBlue para 100, informou a companhia aérea em comunicado nesta terça-feira. A JetBlue espera receber a nona entrega do A220 este mês e mais 30 até o final de 2023.

Os A220 adicionais permitem que a transportadora “acelere nossos planos de modernização da frota para oferecer um desempenho de custo mais forte”, disse o CEO da JetBlue Robin Hayes no comunicado. A aeronave substituirá os jatos E190 da Embraer até 2026.

Os A220 oferecem à JetBlue 40 assentos a mais por jato do que a atual frota do E190 com 100 assentos, um fator crucial no esforço da companhia aérea para reduzir seus custos unitários por assento. A empresa também espera voar com a aeronave por todo o país, algo que não pode fazer com os modelos Embraer devido a limitações de alcance, disse a diretora financeira Ursula Hurley em entrevista por telefone.

PUBLICIDADE

“Esta é uma aeronave revolucionária para a JetBlue em termos de desempenho financeiro e operacional que entregará”, disse ela.

A JetBlue, com sede em Nova York, encomendou originalmente 60 A220 em 2018 com opção de mais 60 e converteu 10 deles em pedidos firmes no ano seguinte. A JetBlue começará a aposentar sua aeronave Airbus mais antiga já em 2023 e está “confortável” com o tamanho de sua atual carteira de pedidos do A220, disse ela.

A transportadora está interessada na perspectiva de uma versão maior e comprida que a Airbus está avaliando em resposta às solicitações de alguns clientes, disse ela. “Apoiamos se a Airbus seguir em frente com um avião alongado.”

Com o novo acordo, a Airbus assegurou pedidos para mais de 700 A220s. Delta Air Lines e Breeze Airways são outros grandes clientes nos EUA para o modelo.

PUBLICIDADE

Veja mais em bloomberg.com

Leia também