PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Mercados

Wall Street vira e cai pelo 3º dia com baixa de ações de tech

Os rendimentos dos títulos do Tesouro dos EUA de 10 anos caíram mesmo com a expectativa de que devem atingir 2%

Mercados têm dia volátil
Por Stephen Kirkland e Vildana Hajric
20 de Janeiro, 2022 | 06:25 pm
Tempo de leitura: 2 minutos

Bloomberg — Os mercados americanos de ações voltaram a cair na tarde desta quinta-feira, refletindo os movimentos do final do dia ao longo desta semana, com os investidores reduzindo participações em ativos considerados mais arriscados. O movimento empurrou o Nasdaq 100 (NDX) para o chamado território de correção.

A desvalorização das ações de tecnologia arrastaram o S&P 500 (SPX) para baixo, revertendo ganhos de mais de 1%. O Nasdaq 100, referência das grandes empresas do setor, caiu mais de 10% em relação ao pico atingido em novembro. As ações da Netflix Inc. (NFLX) caíram antes da divulgação de seus resultados, previstos para depois do fechamento dos mercados.

Os rendimentos dos títulos do Tesouro dos EUA caíram, mas permanecem em patamar elevado na semana devido a preocupações sobre a aceleração da inflação e a perspectiva de aumentos nas taxas de juros do Federal Reserve.

A reversão da alta nas ações faz parte da cartilha para um mês volátil de negociação que viu o S&P 500 cair em um nível importante de suporte técnico e fez o Nasdaq Composite desabar mais de 10% do pico de novembro para o território de correção. Encontrar o fundo do poço para os mercados pode levar algum tempo, com os aumentos de taxas de juros sinalizados pelos formuladores de política monetária nas últimas semanas e a possível redução do patrimônio do Fed em títulos do Tesouro ameaçando injetar mais instabilidade em uma série de ativos.

PUBLICIDADE

“Definitivamente, houve muita instabilidade neste mercado, e o maior fator que contribuiu para isso foi esse enorme mudança de postura do Fed”, disse Anastasia Amoroso, estrategista-chefe de investimentos da iCapital, por telefone. “É um processo de ajuste, portanto, para o mercado. E nós apenas temos que trabalhar nosso caminho por meio disso.”

Os dados de hoje mostraram que os pedidos de seguro-desemprego nos EUA subiram na semana passada para o maior patamar em três meses, sugerindo que a variante ômicron pode ter um impacto maior no mercado de trabalho. A pesquisa do Fed da Filadélfia de janeiro surpreendeu positivamente, fornecendo um contraponto à queda vista na pesquisa para o estado de Nova York no início desta semana.

Na frente de notícias e ganhos da empresa:

  • A Peloton Interactive Inc. (PTON) caiu após um relatório dizendo que está interrompendo temporariamente a produção de bicicletas e esteiras devido à desaceleração da demanda;
  • A Alcoa Corp. (AA) subiu depois que a produtora de alumínio previu o aumento da demanda e alertou que qualquer conflito entre a Rússia e a Ucrânia poderia aprofundar as restrições de oferta existentes;
  • A Union Pacific Corp. (UNP) ganhou depois que o lucro superou as estimativas dos analistas e os custos foram mantidos sob controle enquanto trabalha para desfazer os nós da cadeia de suprimentos;
  • O American Airlines Group Inc. (AAL) reportou um prejuízo menor do que o estimado no quarto trimestre e disse que as compras de passagens estão começando a se recuperar;
  • A Travelers Cos. (TRV) encerrou 2021 com um quarto trimestre recorde, superando as estimativas de lucro dos analistas em força de subscrição e ganhos de investimento;

A temporada de resultados até agora tem sido um pouco difícil, e os investidores precisam monitorar os comentários das empresas sobre pressões de preços e salários, disse Rebecca Felton, estrategista sênior de mercado do RiverFront Investment Group, à Bloomberg Television.

PUBLICIDADE

“Acreditamos que as ações podem continuar subindo, mesmo que o Fed mude a política”, disse ela, acrescentando que os lucros corporativos provavelmente ainda superarão as estimativas.

Alguns dos principais movimentos nos mercados:

Ações

  • O S&P 500 (SPX) terminou com baixa de 1,1%;
  • O Nasdaq 100 (NDX) caiu 1,3%;
  • O Dow Jones Industrial Average INDU caiu 0,9%;
  • O índice MSCI World (MSWO) caiu 0,4%;

Moedas

  • O Bloomberg Dollar Spot Index (DXY) subiu 0,2%;
  • O euro (EUR)caiu 0,3%, para US$ 1,1305;
  • A libra britânica (GBP) caiu 0,2%, para US$ 1,3592;
  • O iene japonês (JPY) subiu 0,1% para 114,20 por dólar;

Renda fixa

  • O rendimento dos títulos do Tesouro de 10 anos (GT10) caiu quatro pontos base para 1,82%;
  • O rendimento de 10 anos da Alemanha caiu um ponto base para -0,02%;
  • O rendimento de 10 anos da Grã-Bretanha caiu três pontos base para 1,23%;

Commodities

  • O petróleo bruto West Texas Intermediate (WTI) foi pouco alterado;
  • Futuros de ouro (XAU) caíram 0,2%, para US$ 1.841,90 a onça

--Com a ajuda de Abigail Moses.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também