PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Mercados

Netflix decepciona com guidance fraco de assinante e ações desabam 20%

Projeções do primeiro trimestre de 2022 sugerem que a gigante do streaming está entrando em nova fase de crescimento mais lento

A gigante do streaming conquistou 8,28 milhões de clientes no quarto trimestre de 2021
Por Lucas Shaw
20 de Janeiro, 2022 | 06:45 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — A Netflix (NFLX) prevê em seu guidance adicionar apenas 2,5 milhões de assinantes neste trimestre, ficando aquém das estimativas de Wall Street e sugerindo que a gigante do streaming está entrando em uma nova fase de crescimento mais lento em 2022. As ações chegaram a cair mais de 20% nas negociações do after-market em Nova York.

A gigante do streaming conquistou 8,28 milhões de clientes no quarto trimestre de 2021, de acordo com balanço divulgado nesta quinta-feira (20), superando as estimativas de Wall Street, mas levando ao crescimento anual mais lento desde 2015.

PUBLICIDADE

Agora, prevê-se que a desaceleração continue, pelo menos por mais um trimestre, com o guidance para o período atual não contemplando a projeção de Wall Street de 6,26 milhões de novos assinantes.

A empresa culpou uma economia difícil, especialmente na América Latina, bem como as consequências persistentes da pandemia. A Netflix reiterou sua confiança nas perspectivas de longo prazo para o negócio, mas disse que o crescimento “ainda não voltou a acelerar para os níveis pré-Covid”.

Principais destaques

  • Assinaturas não voltaram aos níveis pré-covid, disse a empresa, culpando uma economia difícil e as consequências persistentes da pandemia. Além disso, a Netflix disse que seus maiores lançamentos do trimestre atual não saem até março.
  • Os altos e baixos da pandemia tornaram a trajetória da empresa menos previsível. Quando a Netflix registrou seu melhor crescimento de assinantes em 2020, foi fácil creditar os bilhões de pessoas presas em casa. Mas isso foi puxado pelo crescimento futuro e levou a um início lento de 2021.
  • O trimestre recém-encerrado apresenta a maior lista da história da Netflix. A empresa lançou mais títulos fortes nos últimos meses de 2021 do que em qualquer trimestre anterior. Eles incluíram novas temporadas da popular série “You” e “La casa de papel”, os novos programas “Maid” e “My Name” e os filmes “Alerta Vermelho” e “Não olhe para cima”.
  • A Europa e a Ásia foram os mercados mais importantes da empresa em 2021. A empresa adicionou 7,14 milhões de clientes na Ásia-Pacífico e 7,34 milhões na Europa, Oriente Médio e África.

Reação do mercado

  • As ações da Netflix chegaram a cair 20%, para US$ 406,12 nas negociações pós-mercado, eliminando cerca de US$ 45 bilhões em valor de mercado e preparando investidores para a perspectiva de que a gigante do streaming esteja entrando em uma nova fase de crescimento mais lento. Walt Disney também recuava.

(atualizado às 23h com dados do aftermarket)

PUBLICIDADE

Veja mais em Bloomberg.com

Leia também: Netflix aumenta preço do plano padrão nos EUA em US$ 1,50 por mês

(Atualiza com dados de mercado e contexto do balanço às 19h01)

PUBLICIDADE