Mercados

Wall Street tem 70º recorde no S&P 500 neste ano

O Dow Jones Industrial também encerrou o dia em alta, enquanto o Nasdaq 100 terminou estável

S&P 500 bate novo recorde em Wall Street
Por Stephen Kirkland e Vildana Hajric
29 de Dezembro, 2021 | 07:34 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — Os mercados de ações tiveram alta nesta quarta em meio a uma liquidez reduzida, enquanto a queda nas ações de tecnologia diminuiu com as especulações de que a recuperação econômica pode resistir ao aumento dos casos de coronavírus. Os rendimentos dos títulos do Tesouro dos EUA aumentaram em diversos vencimentos.

Depois de passar grande parte da sessão próximo da estabilidade, o S&P 500 subiu para atingir o 70º fechamento recorde do ano. O Dow Jones Industrial também encerrou o dia em alta, enquanto o Russell 2000, um benchmarks da reabertura de negócios de menor porte, se recuperou. O Nasdaq 100, referência de alta tecnologia, também encenou um retorno, apagando perdas anteriores.

Os temores em relação à variante ômicron estão diminuindo com as evidências crescentes de que a cepa de disseminação rápida leva a sintomas mais brandos, mesmo com os casos de Covid-19 em todo o mundo passando de 1 milhão pelo segundo dia consecutivo. A evolução da pandemia junto com o aperto da política monetária do Federal Reserve e as perspectivas para a China estão entre os principais riscos para 2022.

“Podemos ficar relativamente calmos na última semana do ano, afinal”, escreveu Matt Maley, estrategista-chefe de mercado da Miller Tabak + Co.. “Dito isso, os mercados podem mudar em um centavo, então os investidores vão querer permanecer ágeis.”

PUBLICIDADE

Os títulos do Tesouro dos EUA caíram, fazendo com que o rendimento dos papéis de 10 anos subisse até 7,4 pontos-base, para 1,55%, quebrando a média móvel de 50 dias que o continha desde 29 de novembro. O dólar enfraqueceu em relação a todos os seus pares das dez maiores moedas, exceto o iene.

“Acho que a economia vai ficar muito forte, acho que o Fed vai continuar sua política de manter as taxas muito baixas, decepcionando as pessoas com uma perspectiva mais agressiva”, disse Margie Patel, gerente sênior de portfólio da Allspring Global Investments, à Bloomberg TV. “E eu acho que o mercado de ações pode muito bem surpreender positivamente e ter outro ano muito, muito bom, após um ano muito bom em 2021.”

O que acompanhar esta semana:

  • Pedidos iniciais de seguro-desemprego nos EUA, quinta-feira;

Alguns dos principais movimentos nos mercados:

PUBLICIDADE

Ações

  • O S&P 500 subiu 0,1% no fechamento dos negócios em Nova York;
  • O Nasdaq 100 terminou estável;
  • O Dow Jones Industrial Average subiu 0,2%;
  • O índice MSCI World pouco mudou;

Moedas

  • O índice Bloomberg Dollar Spot caiu 0,2%;
  • O euro subiu 0,3% para US$ 1,1348;
  • A libra esterlina subiu 0,4% para US$ 1,3484;
  • O iene japonês caiu 0,1% para 114,97 por dólar;

Renda fixa

  • O rendimento dos títulos do Tesouro de 10 anos avançou sete pontos-base para 1,55%;
  • O rendimento de 10 anos da Alemanha avançou cinco pontos-base para -0,18%;
  • O rendimento de 10 anos da Grã-Bretanha avançou nove pontos-base para 1,01%;

Commodities

  • O petróleo bruto West Texas Intermediate subiu 0,7%, para US$ 76,50 o barril;
  • Os futuros do ouro caíram 0,3% para US$ 1.805,40 a onça

--Com assistência de Andreea Papuc, Marcus Wong e Robert Brand.

Veja mais em bloomberg.com