PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Negócios

Até Elon Musk pensa em pedir demissão

CEO da Tesla já se desfez de cerca de US$ 11,8 bilhões em ações da companhia em cinco semanas

Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — Elon Musk soltou mais uma dica de que vendeu mais ações da Tesla com um tweet de piada sobre deixar seus empregos.

O CEO da Tesla descarregou outros US$ 963 milhões em ações para pagar impostos sobre o exercício de 2,2 milhões de opções, de acordo com documentos regulatórios datados de quinta-feira (9). Ele já se desfez de cerca de US$ 11,8 bilhões em ações em cinco semanas.

PUBLICIDADE

Veja mais: Musk fala sobre drogas: ‘provavelmente fazem envelhecer mais cedo’

O homem mais rico do mundo então brincou algumas horas depois que ele havia encontrado uma nova vocação.

“Estou pensando em largar meus empregos e me tornar um influenciador em tempo integral”, escreveu Musk, perguntando a seus quase 66 milhões de seguidores o que achavam da ideia. Ele seguiu com várias respostas de emojis risonhos.

PUBLICIDADE

Os acionistas e reguladores nem sempre apreciaram o humor nas brincadeiras de Musk no Twitter. As ações da Tesla despencaram depois que ele postou em tom de brincadeira no Dia da Mentira de 2018 que a empresa havia falido. Mais tarde naquele ano, a Securities and Exchange Commission (SEC, a CVM americana) o processou por tweets sobre a privatização da Tesla por um preço significativo na cultura da maconha, o que ele achou que divertiria sua então namorada.

As ações da Tesla já caíram 18% desde o pico em 4 de novembro, quando Musk se desfez de alguns papéis. Ele disse a seus seguidores no Twitter no mês passado que obedeceria a uma pesquisa sobre se deveria vender 10% de sua participação na montadora. Ele vendeu mais de 11 milhões de ações desde então.

Musk está agora com cerca de dois terços do caminho, com redução de 10% de sua participação acionária direta. Se o limite ao qual ele se refere inclui opções exercíveis, ele precisará se livrar de outros cerca de 6 milhões de ações.

PUBLICIDADE

O CEO da Tesla e da Space Exploration Technologies é a pessoa mais rica do mundo, com uma fortuna de US$ 266 bilhões que cresceu US$ 110 bilhões este ano, de acordo com o Bloomberg Billionaires Index.

Veja mais em Bloomberg.com

PUBLICIDADE