promo
Green

Incêndios na Califórnia matam até 20% das sequóias do mundo

Maior árvore do mundo, espécie tem circunferência de tronco de até 30 metros e pode viver por milhares de anos

El incendio Caldor de California se acercó el lunes a un popular destino turístico alpino en el norte de California, lo que llevó a las autoridades a ordenar la evacuación de la ciudad turística de South Lake Tahoe.
Tempo de leitura: 2 minutos

Bloomberg — Os incêndios florestais da Califórnia mataram até um quinto da população total de sequóias gigantes do mundo nos últimos dois anos, sendo que milhares foram queimadas neste verão, disseram autoridades de parque federal.

O KNP e o Windy Fire, que atravessaram os parques nacionais Sequoia e Kings Canyon no início deste ano, já destruíram ou irão matar entre 2.261 e 3.637 sequoias grandes, ou 3% a 5% do total mundial, de acordo com um relatório publicado sexta-feira pelo Serviço Nacional de Parques.

Essas perdas ocorrem depois que 10.600 sequoias grandes, ou até 14% de um total de cerca de 75 mil árvores, foram perdidas no incêndio do Castelo de 2020, disseram as autoridades.

As mortes de árvores em 2021 são “significativas, insustentáveis e fora do alcance dos fatos históricos sobre incêndios em grandes sequóias”, disse Christy Brigham, coautora do relatório e chefe de gestão de recursos dos parques nacionais Sequoia e Kings Canyon, durante um evento para a mídia na sexta-feira .

“Uma combinação de exclusão de fogo em muitas áreas por mais de um século combinada com secas mais quentes causadas pelas mudanças climáticas aumentaram as cargas de combustível e mudaram o comportamento do fogo além do que essas árvores incrivelmente adaptáveis ao fogo podem tolerar”, disse Brigham.

A Califórnia sofreu outra forte temporada de incêndios florestais que destruiu milhares de estruturas e obrigou milhares de pessoas a evacuarem, incluindo a cidade turística de South Lake Tahoe nas montanhas. Uma forte seca deixou as florestas e pastagens montanhosas do estado prontas para queimar. Mais de 3 milhões de acres foram incendiados, de acordo com o Departamento de Silvicultura e Proteção contra Incêndio da Califórnia.

Sequóias gigantes são as maiores árvores do mundo, com circunferências de tronco de até 30 metros. Eles podem viver por milhares de anos. Os parques possuem vários bosques de gigantes antigos, incluindo a maior árvore do planeta em tamanho.

No Parque Nacional da Sequóia, lar da antiga Floresta Gigante, os bombeiros envolveram algumas das árvores majestosas em uma película protetora para protegê-las conforme as chamas se aproximavam. As sequóias se adaptaram a incêndios periódicos, pois sua casca grossa pode protegê-las das chamas, enquanto os incêndios florestais preparam o solo para que as sementes de sequóia germinem.

No entanto, secas severas e prolongadas, que os cientistas dizem que podem se tornar mais comuns com as mudanças climáticas, e grandes incêndios ameaçaram a espécie.

--Com assistência de Brian K. Sullivan e David R. Baker.

Veja mais em bloomberg.com