PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cripto

Cofundador da Coinbase abre fundo de US$ 2,5 bi para cripto

Veículo de investimentos deve ser o maior já criado para o setor de criptoativos, em meio ao rali nos preços dos ativos digitais

Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — A atividade de captação de recursos para criptoativos se tornou uma febre em meio ao rali nos preços dos ativos digitais.

A gestora de investimentos Paradigm, sediada em San Francisco, disse na segunda-feira que estava abrindo um fundo de venture capital de US$ 2,5 bilhões voltado para a “próxima geração de empresas e protocolos de criptoativos”.

PUBLICIDADE

O cofundador da Coinbase, Fred Ehrsam, e o ex-sócio da Sequoia Capital, Matt Huang, do Paradigm One, lideram o que deve ser o maior novo fundo de venture capital voltado para o setor, de acordo com o Financial Times, que noticiou isso anteriormente.

O tamanho do fundo da Paradigm destaca o contínuo boom no segmento de criptoativos.

“Este novo fundo e seu tamanho refletem o fato de que os criptoativos são a fronteira mais interessante em termos de tecnologia. Na última década, os criptoativos percorreram um longo caminho “, escreveram Ehrsam e Huang em um blog na segunda-feira. Na verdade, a captação de fundos da gestora, que tem três anos, ultrapassou o fundo de US$ 2,2 bilhões da VC Andreessen Horowitz no início de 2021, em meio à atividade recorde de captação de venture capital este ano.

PUBLICIDADE

A Paradigm investe em distribuidoras de criptoativos, grandes e pequenas, com mais de US$ 100 milhões ou apenas US$ 1 milhão, diz o site da empresa. A companhia pretende continuar a investir em startups com “apenas um vislumbre de uma boa ideia”, bem como em empresas em estágio avançado, disseram Ehrsam e Huang.

Veja mais em Bloomberg.com

PUBLICIDADE