PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Tech

Por que o Facebook mudou seu nome para Meta?

Mudança é o sinal mais definitivo até agora da intenção da empresa de apostar seu futuro em uma nova plataforma de computação, o metaverso

Ações passarão a ser negociadas sob um novo código, MVRS, em 1º de dezembro
Por Naomi Nix e Kurt Wagner
28 de Outubro, 2021 | 03:36 pm
Tempo de leitura: <1 minuto

Bloomberg — A Facebook Inc. está se rebatizando de Meta, separando sua identidade corporativa da rede social homônima atolada em conteúdo tóxico e destacando uma mudança para uma plataforma de computação emergente focada na realidade virtual.

“O metaverso é a próxima fronteira”, disse o CEO Mark Zuckerberg em uma apresentação na conferência Connect do Facebook, realizada virtualmente nesta quinta-feira (28). “De agora em diante, vamos primeiro ser o metaverso, não primeiro o Facebook.”

A mudança de nome no Facebook é o sinal mais definitivo até agora da intenção da empresa de apostar seu futuro em uma nova plataforma de computação - o metaverso, uma ideia nascida na imaginação de romancistas de ficção científica. Na visão do Facebook, as pessoas se reunirão e se comunicarão entrando em ambientes virtuais, seja conversando com colegas em uma sala de reuniões ou saindo com amigos em cantos remotos do mundo.

A empresa disse que suas ações passarão a ser negociadas sob um novo código, MVRS, em 1º de dezembro.

PUBLICIDADE

-- Com assistência de Andrew Pollack.

Veja mais em Bloomberg.com

Leia também

Facebook Papers: Confira as revelações dos documentos vazados

Ação do Facebook fecha no menor nível desde maio