promo
Viagens

Aeroporto de Heathrow vai se tornar ponto de táxi aéreo com novo negócio

Acordo com a Vertical Aerospace Group visa a venda de 1.350 aeronaves para quatro passageiros

Tempo de leitura: <1 minuto

Bloomberg — O Aeroporto Heathrow, em Londres, trabalhará com a startup Vertical Aerospace Group para prestar serviços de táxi aéreo no hub do Reino Unido até meados desta década.

Heathrow explorará como encaixar a aeronave elétrica fabricada pela Vertical em suas operações enquanto trabalha com órgãos reguladores e minimiza impactos sobre a comunidade, segundo declaração emitida na segunda-feira (25).

A Vertical tem acordos preliminares para vender 1.350 de seus VA-X4s de quatro passageiros e um piloto para clientes que incluem a Virgin Atlantic Airways, com sede em Heathrow, por um total de US$ 5,4 bilhões. Londres, Tóquio e São Paulo devem realizar testes de veículos elétricos verticais de decolagem e pouso, anunciados como mais silenciosos, limpos e baratos que helicópteros.

As transportadoras veem uma oportunidade de criar um mercado muito maior, transportando passageiros entre cidades e tendo os aeroportos como base inicial. No entanto, há obstáculos de segurança e regulamentares, bem como preocupações da comunidade, a serem resolvidos.

A Vertical está planejando o primeiro voo teste do VA-X4 no ano que vem, e a meta de certificação de tipo e de início da produção é 2024.

Leia também

Interrupção na cadeia de suprimentos? Está mais para sobrecarga