+ Notícias Itaú

Como a maior gestora privada do Brasil cresce em fundos de retorno absoluto

Adotado em 2019 o modelo Multimesas da Itaú Asset vem atraindo talentos e democratizando o acesso de investidores às estratégias mais sofisticadas de investimento.

Como a maior gestora privada do Brasil cresce em fundos de retorno absoluto

A indústria de fundos de investimento no Brasil teve um crescimento robusto nos últimos anos, sobretudo no nicho chamado de retorno absoluto, que inclui estratégias de fundos Multimercados (Macro, Long & Short, Quantitativos entre outros), Renda Variável Livre, Renda Fixa e Crédito Estruturado.

Embora esse movimento seja relativamente recente, a Itaú Asset atua nesse segmento desde meados da década 2000, com estratégias geridas pelo time da High Alpha, que é responsável, entre outros produtos, pelo conhecido Itaú Hedge Plus.

Com objetivo de aumentar a capacidade de gestão em Retorno Absoluto, a Itaú Asset ampliou a oferta de produtos em 2019 com a evolução do Multimesas. A partir desse modelo, a Asset do Itaú consegue oferecer uma combinação do melhor de dois mundos. De um lado, a autonomia e um modelo de remuneração de Asset Independente, e do outro, toda a infraestrutura de pesquisa econômica, dados, operações e distribuição do maior banco privado do Hemisfério Sul.

Com esse projeto, a Itaú Asset já atraiu mais de 60 talentos entre gestores e analistas reconhecidos do mercado, que atuam em mais de 10 times, baseados em São Paulo, Rio de Janeiro e Nova York, de maneira totalmente independente. Hoje, o volume de ativos geridos dentro desse modelo supera os R$65 bilhões e a expectativa é de que esse valor continue crescendo. Entre os últimos talentos atraídos, estão o time Optimus, com 13 profissionais entre gestores e analistas liderados por Marcelo Mendes (ex-Bahia Asset) e o time Quantamental, que ficou conhecido por seus robôs, liderado por Victor Dweck.

As estratégias desses times podem ser acessadas pelo investidor de duas maneiras. A primeira é através de fundos dedicados. Na classe multimercados, estão o Itaú Hedge Plus, Itaú Hunter Total Return, Itaú Optimus Titan, Itaú Quantamental Hedge e Itaú Macro Opportunities. O modelo também se aplica a quatro times de renda variável e seus respectivos fundos, e cobre ainda estratégias de crédito estruturado.

A segunda forma de acesso é através da família de fundos Global Dinâmico, em que a gestora realiza um rigoroso processo quantitativo e qualitativo para encontrar a melhor combinação de estratégias para o investidor. Esse processo considera diversos fatores, como a análise da performance, entrosamento do time e correlação entre as estratégias para oferecer ao cotista um portfólio final diversificado. São mais de 10 estratégias divididas entre macro, com atuação nos mercados de juros e moedas, renda variável e commodities no Brasil e no exterior, Long & Short e sistemáticas.

Para Carlos Salamonde, CEO da Itaú Asset, “uma das belezas do modelo é a atuação da Itaú Asset quase como holding de assets independentes, oferecendo a estrutura de uma grande instituição para que os gestores atuem com foco na gestão com flexibilidade para construir uma grande diversidade de alternativas em retorno absoluto”, diz. Para simplificar a vida do investidor, a Itaú Asset utiliza um rigoroso controle de riscos para calibrar os volumes de exposição em cada time e otimizar todas as estratégias nas cotas de fundos únicos da família Global Dinâmico. São dois fundos na classe multimercado, o Global Dinâmico e Global Dinâmico Plus, para atender a investidores com diferentes demandas por liquidez, e um na classe renda fixa, o Global Dinâmico Renda Fixa, que também pode ser acessado via Previdência.

O Itaú Global Dinâmico Plus é um fundo multimercado diversificado, que atua nos mercados de juros, moedas, ações e commodities no Brasil e no Exterior e conta com toda a estrutura da Itaú Asset e mais de 30 gestores, atuando em mais de 35 países, para oferecer amplitude de acesso a mercados para o investidor.

A solução do modelo multimesas resolve um dos dilemas de grandes gestores de fundos de retorno absoluto, que é a capacidade de escalar seu crescimento. Com a possibilidade de sempre agregar times de gestão novos, a Itaú Asset contorna o problema de concentração e cresce sua oferta junto com a demanda dos clientes que são atendidos tanto pelos canais de distribuição internos quanto por distribuidores e plataformas independentes, que já somam 19 alternativas de distribuição autônomas às iniciativas do banco e que também podem acessar o Itaú Global Dinâmico Plus.

Além de continuar crescendo no mercado local, o objetivo é consolidar-se como um dos mais relevantes players de América Latina. Com a recente atração de dois novos times, a gestora inicia uma atuação estruturada em outros mercados emergentes. O modelo é um dos pilares de um ambicioso projeto da maior Asset privada do país.

Itaú Asset

Itaú Asset

A Itaú Asset Management é a gestora de fundos de investimentos do Itaú Unibanco.