Estilo de vida

Tesla é cobrada por solução de problemas de segurança em carros autônomos

National Transportation Safety Board disse que questões básicas devem ser abordadas antes de atualizações de sistema expandirem circulação de veículos para áreas urbanas

Elon Musk disse na semana passada que os motoristas logo seriam capazes de atualizar a chamada "capacidade de direção autônoma" de seus veículos
Por Patrick Sykes
19 de Setembro, 2021 | 03:32 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — O órgão responsável por investigar acidentes nos EUA pediu à Tesla que resolva algumas questões de segurança em seus veículos antes de expandir seu projeto de carros autônomos, relatou o Wall Street Journal.

“As questões básicas de segurança devem ser abordadas antes de serem expandidas para outras ruas da cidade e outras áreas”, disse Jennifer Homendy, presidente do National Transportation Safety Board (NTSB), em uma entrevista ao jornal.

Veja mais: Tesla aumenta preço do Model Y na China

O CEO da Tesla, Elon Musk, disse na semana passada que os motoristas logo seriam capazes de atualizar a chamada capacidade de direção autônoma de seus veículos. A mudança deve tornar as ferramentas de assistência ao motorista projetadas principalmente para rodovias também utilizáveis em ambientes urbanos, embora não torne os carros completamente autônomos.

PUBLICIDADE

O termo “direção totalmente autônoma” é “enganoso e irresponsável”, disse Homendy. O marketing pode atrair mais atenção do que avisos em manuais de automóveis, acrescentou o WSJ. O NTSB investiga colisões e emite recomendações de segurança, mas não tem autoridade regulatória.

A Tesla não respondeu a um pedido de comentário do WSJ.

Leia mais em bloomberg.com

Leia também

Hora de voltar? Neurocientista fala sobre principais dificuldades do escritório híbrido

PUBLICIDADE