Mercados

Banco BMG busca captar até R$ 300 milhões com primeira emissão de Letras Financeiras

Conselho de administração da companhia aprova operação que busca reforçar caixa do banco digital, que planeja lançar novos produtos a partir deste mês

BMG registrou um lucro recorrente de R$ 85 milhões no segundo trimestre, queda de 15% na comparação anual
16 de Agosto, 2021 | 11:15 am
Tempo de leitura: <1 minuto

São Paulo — O Banco BMG anunciou, nesta segunda-feira (16), que seu Conselho de Administração aprovou a realização de sua primeira emissão de letras financeiras públicas no valor total de até R$ 300 milhões. Os recursos a serem captados serão integralmente utilizados para reforço de caixa e para a condução de sua estratégia de negócios, informou em comunicado ao mercado.

A emissão será de letras financeiras, sem garantia e sem cláusula de subordinação, em série única.

No último dia 12, o BMG divulgou que teve lucro recorrente de R$ 85 milhões no segundo trimestre, queda de 15% na comparação anual. O banco digital reportou 5,8 milhões de clientes ativos em junho, crescimento de 28% em relação a igual período de 2020.

“Está no nosso pipeline de lançamento de novos produtos: antecipação FGTS, previsto para ser lançado ainda em agosto; consórcio de veículos, imóveis e serviços; seguro cartão protegido; e produtos de PJ Varejo como folha de pagamento, antecipação de recebíveis não performados e meios de pagamento digitais (cartão não presente)”, informou o BMG.

Sérgio Ripardo

Sérgio Ripardo

Jornalista brasileiro com mais de 25 anos de experiência, com passagem por sites de alcance nacional como Folha e R7, cobrindo indicadores econômicos, mercado financeiro e companhias abertas.

PUBLICIDADE