PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Mercados

Futuros do petróleo tombam com receios por variante delta na Ásia

Preços da commodity atingiram menor patamar em três semanas com temores de que a cepa da Covid-19 atrase recuperação econômica

Petróleo recua com temores por vírus e aquecimento global
09 de Agosto, 2021 | 08:37 am
Tempo de leitura: <1 minuto

São Paulo — Os futuros do petróleo Brent, negociados em Londres, e do WTI, negociados em Nova York, caíam perto de 4% para os menores patamares em três semanas com investidores temerosos de que o maior número de casos da variante delta em países asiáticos possa atrasar a retomada econômica da região.

  • Perto das 8h30, os futuros do Brent recuavam 3,72%, a US$ 68,05, enquanto os do WTI caíam 3,97%, a US$ 65,97
  • O contrato negociado em Nova York acumulou queda de quase 8% na última semana

Nesta segunda-feira (9), a China reportou 125 novos casos de Covid-19 no país, acima da média dos últimos dias, liderados principalmente pela variante delta do vírus. O governo chinês anunciou, ao longo do final de semana, mais restrições de viagens, incluindo o cancelamento de voos e monitoramento da movimentação no transporte público de algumas cidades.

PUBLICIDADE

Também pesa no sentimento o relatório do Painel Intergovernamental sobre o Clima da ONU (IPCC), divulgado nesta segunda, e que traz avisos claros sobre a destruição climática ocasionada por atividades humanas que aumentaram a temperatura média do planeta desde a Revolução Industrial.

Segundo o documento, a Terra deve atingir uma temperatura média 1,5ºC acima do nível pré-industrial já na década de 2030, dez anos antes do que era esperado. O relatório é assinado por 234 autores de 66 países, a maioria da Europa, seguida pela Ásia e América do Norte.

Ana Siedschlag

Ana Carolina Siedschlag

Editora na Bloomberg Línea. Jornalista brasileira formada pela Faculdade Cásper Líbero e especializada em finanças e investimentos. Passou pelas redações da Forbes Brasil, Bloomberg Brasil e Investing.com.

PUBLICIDADE