PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Brasil

Anvisa recebe pedido de teste de vacina da UFRJ contra Covid-19

Universidade do Rio de Janeiro pretende iniciar ensaios clínicos com voluntários até o fim deste ano

Testes já realizados em diferentes espécies de animais indicaram que vacina da UFRJ é capaz de induzir a produção de altos níveis de anticorpos
09 de Agosto, 2021 | 03:52 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

São Paulo — A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou hoje (9) que recebeu pedido para realização de estudos de fase 1 e 2 da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). A agência considerará a proposta, o número de participantes e os dados de segurança obtidos até o momento nos estudos pré-clínicos que são realizados em laboratório e animais.

Conforme a universidade, os testes já realizados em diferentes espécies de animais indicaram que a vacina é capaz de induzir a produção de altos níveis de anticorpos. O objetivo é iniciar os ensaios clínicos em humanos até o fim do ano.

PUBLICIDADE

A S-UFRJvac utiliza como ingrediente farmacêutico ativo (IFA) uma cópia da proteína S presente na estrutura externa do coronavírus, a espícula (spike). A proteína S é uma das proteínas responsáveis pela estrutura tridimensional do SARS-CoV-2.

Conforme a UFRJ, os pesquisadores conseguiram produzir pela primeira vez a proteína S antes mesmo da confirmação do primeiro caso de Covid-19 no Brasil. A proteína tem sido utilizada na fabricação de testes sorológicos mais baratos do que os utilizados comercialmente, e de soro anti-Covid obtido em cavalos, assim como em pesquisas básicas realizadas em diversas instituições brasileiras.

Na última semana, a Anvisa recebeu pedido para realização de estudos de fase 1 e 2 da vacina SpiNTec, desenvolvida pela equipe do CTVacinas, parceria entre a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e a Fiocruz Minas.

Atualmente, somente quatro vacinas estão aprovadas pela reguladora para serem aplicadas no país: Coronavac, Pfizer, Janssen e Oxford/AstraZeneca. Pelo menos oito outras vacinas estão em fase de testes, conforme sistema da Anvisa.

Kariny Leal

Kariny Leal

Jornalista carioca, formada pela UFRJ, especializada em cobertura econômica e em tempo real, com passagens pela Bloomberg News e Forbes Brasil. Kariny cobre o mercado financeiro e a economia brasileira para a Bloomberg Línea.

PUBLICIDADE