PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Balanços BTG, Eletrobras, JBS, Natura, Sabesp; IPOs: Radar SA

Quase cem empresas brasileiras reportam resultados na próxima semana; ao menos três têm estreia prevista na B3

Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — A safra de balanços do 2T21 caminha para o final e concentra um volume grande de resultados nos próximos dias. O boom de IPOs, que já o maior da história em termos de volume financeiro, segue aquecido, mesmo com alguns cancelamentos e preços fixados no piso da faixa. Acompanhe a movimentação no mercado corporativo:

A semana

PUBLICIDADE
  • 09/agosto: Alupar, Even, Fras-Le, Iguatemi, Itaúsa, JSL, Melnick, Minerva, Mitre, Mobly, São Martinho, Sequoia informam resultados trimestrais
  • 09/agosto: Estreia prevista das ações da Viveo
  • 10/agosto: Estreia prevista das ações da Oncoclínicas na B3
  • 10/agosto: BR Distribuidora, BTG Pactual, C&A, Klabin, Marfrig, NotreDame Intermédica, Porto Seguro, Qualicorp, Raia Drogasil, Randon, Santos Brasil, Vulcabras divulgam balanço trimestral
  • 11/agosto: Aeris, Aliansce Sonae, B3, Banco Inter, Copel, Eletrobras, Enauta, Guararapes, Hapvida, Helbor, JBS, Locaweb, LPS, Moura Dubeux, MRV, Oi, Simpar, Sul América, Suzano, Taesa, Ultrapar, Valid, Via Varejo, Wilson Sons, Yduqs informam resultados trimestrais
  • 11/agosto: Definição de preço por ação em IPO da Humberg Agribrasil
  • 11/agosto: Assai promove AGE para discutir desdobramento de ações
  • 12/agosto: Alliar, Arezzo, Azul, Banrisul, BRF, Bradespar, BRMalls, CCR, Cury, Cyrela, Energisa, EZTec, Grupo Mateus, Grupo Soma, Lavvi, Light, Lojas Americanas, Lojas Marisa, Lojas Renner, Magazine Luiza, Mahle Metal Leve, MPM Corpóreos, Natura, Neogrid, Rumo, SLC Agrícola, Sabesp, Sanepar, SBF, Track & Field, Wiz divulgam balanços
  • 13/agosto: Cogna, Cosan, CVC, Embraer, Enjoei.com, Restoque, Ser Educacional, Smiles, Tecnisa, Vivara informam desempenho trimestral
  • 13/agosto: Estreia prevista das ações da Humberg Agribrasil no Novo Mercado da B3

Remédio amargo?

A complexidade do caso já levanta dúvidas sobre a concretização da fusão entre Localiza e Unidas, segundo a Agência Estado. As prováveis exigências do Cade para aprovar a operação, os chamados remédios, podem ser “amargos demais”, segundo pessoas ouvidas pela reportagem e que falaram sob anonimato. A Superintendência Geral da autarquia pediu diligências adicionais em maio e deve emitir nota técnica sobre o caso nas próximas semanas, segundo a reportagem.

Mais recordes à vista

Mesmo tendo alcançado o melhor ano de todos os tempos em agosto, o boom de IPOs de empresas brasileiras ainda está longe de acabar. Mais de 20 empresas estão na fila para abrir o capital, segundo levantamento da Bloomberg, e o ciclo de alta de juros no país testará o apetite pelos novos entrantes. Algumas empresas tiveram de fixar preços abaixo da faixa indicativa, mas o volume de IPOs cresceu mais de 400% neste ano até o início de agosto em relação ao mesmo período de 2020.

Leia mais em bloomberg.com

PUBLICIDADE