Negócios

Greve de níquel da Vale termina com aceite de oferta salarial por mineradores canadenses

Acordo envolve quantias monetárias e benefícios de saúde na aposentadoria

Reinício das operações na cidade de Sudbury, na província de Ontário, deve estabilizar a provisão do níquel para o mercado
Por Mariana Durao
04 de Agosto, 2021 | 10:27 am
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — A Vale, a maior produtora comercial de níquel do mundo, começará a retomar as operações em Sudbury, no Canadá, depois que os trabalhadores aceitaram uma proposta de encerrar uma greve de dois meses.

Cerca de 85% dos membros do USW Local 6500 – sindicato dos metalúrgicos – votaram a favor da oferta de contrato de cinco anos, disse a entidade por e-mail. Os dois lados retomaram as negociações em 19 de julho, depois da rejeição de duas ofertas anteriores.

A resolução será um alívio para os mercados de metais. A cidade de Sudbury é uma das poucas produtoras mundiais de pellet de níquel, utilizado na fabricação de ligas para as indústrias aeroespacial, eletrônica e nuclear. A interrupção levou os consumidores a explorar o briquete de níquel para bateria como alternativa, aumentando o ágio e diminuindo os estoques.

Reiniciar a operação em Ontário também ajudará a Vale a estabilizar sua área de metais básicos após um desempenho fraco no último trimestre que levou a empresa a descontinuar a diretriz de produção anual. Em uma ligação com analistas na semana passada, o diretor-presidente Luciano Siani previu um terceiro trimestre “desafiador” em Sudbury, mesmo se a greve terminasse rapidamente.

PUBLICIDADE

Além de fornecer quantias monetárias, o novo contrato preserva os benefícios de saúde de aposentados para futuros funcionários, bem como paga a cada trabalhador bônus de assinatura de US$ 3,5 mil e US$ 2,5 mil por seus esforços na pandemia.

Os benefícios pós-aposentadoria têm sido um ponto crítico nas negociações, já que a Vale busca conter os custos e revisar as operações de olho no exigente mercado de baterias.

Leia mais em bloomberg.com


PUBLICIDADE