Internacional

Portugal afrouxa restrições após a aceleração do plano de imunização

Outras medidas, como o uso de máscaras em espaços externos, devem ser suspensas a partir de setembro

Governo espera que 57% da população esteja totalmente vacinada até 1º de agosto
Por Bloomberg News
30 de Julho, 2021 | 10:51 am
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — Portugal planeja suspender o toque de recolher e afrouxar outras restrições contra o Covid-19 ao passo que o número de vacinados aumenta e a onda mais recente de infecções por coronavírus no país dá sinais de desaceleração.

O limite de ocupação de espaços públicos entre 23h00 e 5h00 imposto em algumas regiões será suspenso no domingo, afirmou o primeiro ministro Antonio Costa em coletiva de imprensa. Os restaurantes e as lojas não essenciais podem ficar abertos até 2h00. O trabalho remoto não será mais obrigatório.

“A campanha de vacinação teve uma contribuição muito positiva”, disse Costa.

Portugal acelerou sua campanha de vacinação, e o governo atualmente espera que 57% da população esteja totalmente vacinada até 1º de agosto e 70% até o início de setembro, declarou o premiê. Será necessário apresentar o comprovante de vacinação ou um teste negativo de coronavírus para embarcar em viagens aéreas ou marítimas e para fazer o check-in em hotéis, cassinos ou spas, afirmou Costa.

PUBLICIDADE

Os bares e boates continuarão fechados por enquanto, e o governo planeja anunciar outros afrouxamentos das restrições contra Covid-19 em setembro e outubro. O governo não exigirá mais o uso de máscaras em espaços externos a partir de setembro, segundo Costa.

Leia mais em bloomberg.com

PUBLICIDADE