Agro

Brasil eleva exportações de suínos e amplia presença no mercado internacional

Vendas externas de junho obtiveram o segundo melhor desempenho da história, com embarques de 108,8 mil toneladas

Vendas externas do Brasil têm em junho o segundo melhor desempenho da história em volume. Em receita, o resultado do mês passado representa um novo recorde histórico
30 de Julho, 2021 | 07:03 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

O Brasil exportou no mês de junho 108,8 mil toneladas de carne suína. O resultado representa um crescimento de 13,2% em comparação ao mesmo período do ano passado e o segundo melhor resultado mensal da história, segundo a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

O aumento no volume exportado gerou uma receita de US$ 270,2 milhões com os embarques. A arrecadação representou um novo recorde para o setor, com um crescimento de 36,5% sobre o faturamento de junho do ano passado, quando as 96,1 mil toneladas exportadas proporcionaram uma receita de US$ 198 milhões de toneladas.

CONTEXTO: “O mercado asiático e alguns países da América do Sul mantiveram demanda positiva sobre as exportações brasileiras, mantendo a previsão de crescimento nas exportações para este ano. O bom desempenho das exportações tem contribuído para reduzir os impactos dos custos históricos de produção”, analisa Ricardo Santin, presidente da ABPA.

A China segue como principal destino das exportações. Em junho, importou 58,8 mil toneladas, volume 29,2% superior ao registrado no sexto mês de 2020. Outros destaques do mês foram o Chile, com 5,3 mil toneladas (+45,4%), Vietnã, com 3,7 mil toneladas (+38,3%), Filipinas, com 2,8 mil toneladas (+371,2%) e Argentina, com 2,2 mil toneladas (+326,6%).

Alexandre Inacio

Alexandre Inacio

Jornalista brasileiro, com mais de 20 anos de carreira, editor da Bloomberg Línea. Com passagens pela Gazeta Mercantil, Broadcast (Agência Estado) e Valor Econômico, também atuou como chefe de comunicação de multinacionais, órgãos públicos e como consultor de inteligência de mercado de commodities.

PUBLICIDADE