PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cripto

BC avança discussões sobre moeda digital brasileira

Autoridade promove webinars para debater o assunto com a participação de especialista que participa do projeto de moeda digital americana

Fachada do Banco Central do Brasil, Brasília.
29 de Julho, 2021 | 10:04 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

São Paulo — O Banco Central do Brasil iniciou nesta quinta-feira (29) uma série de webinars chamada Potenciais do Real em formato digital para discutir a criação de uma moeda digital nacional. O encontro de hoje teve como palestrante o professor Robert Townsend, do Massachusetts Institute of Technology (MIT), que participa do projeto de criação do dólar digital nos Estados Unidos.

PUBLICIDADE

Segundo informações da Agência Brasil, a ideia da autoridade monetária é “estabelecer as bases para o eventual desenvolvimento de uma CBDC (Central Bank Digital Currency) que venha a acompanhar o dinamismo da evolução tecnológica da economia brasileira” e que também possibilite a melhora da eficiência do sistema de pagamentos no setor varejista.

Entretanto, o BC ressaltou que moedas digitais são diferentes de criptomoedas. Quando a autoridade anunciou as diretrizes para a criação de uma moeda digital no Brasil, o coordenador dos trabalhos sobre a moeda digital do Banco Central, Fabio Araujo, explicou que criptoativos como o Bitcoin “não detém as características de uma moeda, mas sim de um ativo”. Por sua vez, a CBDC seria nova forma de representação da moeda emitida pela autoridade monetária nacional atualmente.

PUBLICIDADE

Durante a palestra, Townsend acrescentou que “A CBDC é uma outra opção para substituir o papel-moeda, podendo ter moedas estáveis com apoio da moeda bancária, de forma a garantir que o dinheiro é real”.

Ao longo do semestre, o Banco Central realizará mais seis palestras para tratar do assunto.





Igor Sodré

Igor Sodré

Jornalista com formação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, com experiência na cobertura de cultura e economia, tendo como foco mercado financeiro e companhias. Passou pela Bloomberg News e TradersClub.