Mercados

Mercados mantêm cautela com China, em véspera de reunião do Fed

Em dia de agenda fraca, destaque vai para divulgação de dados de conta corrente do Banco Central

Mercados mantêm cautela com China e Fed
27 de Julho, 2021 | 09:41 am
Tempo de leitura: <1 minuto

Os mercados brasileiros iniciam os negócios desta terça feira em meio à cautela com o aprofundamento das perdas nas bolsas chinesas, que atingiram também a renda fixa e o câmbio do yuan, e a véspera da reunião de política monetária do Federal Reserve. Os investidores buscam informações adicionais sobre como será a retirada de estímulos monetários pelo banco central americano.

Pontos de atenção:

  • Pré-mercado: O Ibovespa futuro recua 0,49% para 125.605 pontos na abertura do pregão, seguindo a fraqueza do pré-mercado dos EUA: Dow Jones futuro tem baixa de 0,29%, o S&P 500, de 0,21%, e o Nasdaq recua 0,04%.
  • Juros: No Brasil, aumenta o coro dos investidores para o Banco Central (BC) acelerar o ritmo de alta de juros, de 0,75 ponto para 1 ponto, na reunião do Copom (Comitê de Política Monetária) da próxima semana. Com isso, a taxa Selic poderia chegar a 5,25% em agosto e terminar o ano na casa de 7%.
  • Balanços: Lá fora, o dia ainda traz a divulgação dos resultados de Alphabet, Apple e Microsoft. Por aqui, destaque para o resultado da CSN.
  • Indicadores: Na agenda do dia, BC divulgou o resultado das contas externas de junho no fim da manhã. Os resultados de conta corrente apresentaram superávit de US$ 2,79 bilhões no período, ante expectativa Bloomberg de US$ 3,8 bilhões. O saldo de investimento estrangeiro direto ficou em US$ 174 milhões, abaixo da estimativa de US$ 2,5 bilhões.
  • Política: O presidente Jair Bolsonaro tem reunião marcada com o senador Ciro Nogueira (PP), que deve assumir a Casa Civil, apesar de resistências no governo.
Toni Sciarretta

Toni Sciarretta

News director da Bloomberg Línea no Brasil. Jornalista com mais de 20 anos de experiência na cobertura diária de finanças, mercados e empresas abertas. Trabalhou no Valor Econômico e na Folha de S.Paulo. Foi bolsista do programa de jornalismo da Universidade de Michigan.

Kariny Leal

Kariny Leal

Jornalista carioca, formada pela UFRJ, especializada em cobertura econômica e em tempo real, com passagens pela Bloomberg News e Forbes Brasil. Kariny cobre o mercado financeiro e a economia brasileira para a Bloomberg Línea.

PUBLICIDADE