PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Tech

Táxis aéreos podem começar a funcionar na Europa até 2024, afirma regulador

Plano é iniciar decolagem vertical de veículos com serviços de entregas de pacotes, disseram representantes

Tempo de leitura: 1 minuto

(Bloomberg) Táxis voadores movidos a energia elétrica podem ser liberados para decolagem nos céus europeus já em 2024 ou 2025, segundo o principal regulador de segurança aérea da região.

Primeiramente, veículos pilotados que decolam verticalmente poderão ser utilizadas comercialmente transportando pacotes antes dos passageiros, afirma Patrick Ky, diretor executivo da Agência de Segurança da Aviação da União Europeia, em evento online.

PUBLICIDADE

Drones autônomos levarão pelo menos mais cinco anos, disse Ky, com aeronaves maiores seguindo.

A EASA acaba de começar a trabalhar com empresas sobre como lidar com voos não tripulados, acrescenta o regulador. A agência está trabalhando em uma abordagem coordenada com a Administração Federal de Aviação dos EUA e outros reguladores internacionais.

Para transporte de passageiros autônomo, é mais fácil começar com veículos de táxi aéreo, “pois estamos olhando para aeronaves de menor escala”, afirmou Ky. Com as empresas, “não fomos muito longe porque é necessário pensar muito sobre como você deseja lidar com os conceitos de autonomia”.

PUBLICIDADE

A EASA também publicou os resultados de uma pesquisa sobre mobilidade aérea urbana, que entrevistou 4 mil cidadãos em seis cidades europeias. Descobriram que 83% dos entrevistados tiveram atitude inicial positiva, com aplicações como transporte médico e de emergência recebendo forte apoio.

Embarcações que voam em cidades populosas provavelmente exigem padrões de segurança mais elevados, e reguladores terão de lidar com preocupações incômodas como ruído e desordem visual, disse Ky.

Leia mais em Bloomberg.com

PUBLICIDADE