JPMorgan

Corte de juro? Para Jamie Dimon, há ainda muitas ‘forças inflacionárias’ nos EUA

Em entrevista à Bloomberg TV, CEO do JPMorgan disse que os mercados estão saudáveis, mas que isso não é necessariamente uma garantia para o futuro

Citi e JPMorgan veem retorno de ‘carry trade’ com bancos centrais mais ‘hawkish’

No carry trade, o investidor toma dinheiro emprestado barato em moeda forte e depois investe em outra com rendimentos mais elevados

Como uma aposta do JPMorgan na pandemia se tornou uma estratégia lucrativa

O banco liderado por Jamie Dimon manteve grande parte do dinheiro extra de depósitos de clientes nos mercados monetários ou no Fed, enquanto o Bank of America, por exemplo, investiu em títulos

Para Kolanovic, do JPMorgan, correção nas bolsas dos EUA ainda não acabou

Estrategista-chefe do banco americano afirma que inflação elevada, riscos geopolíticos e menores expectativas de corte dos juros nos EUA contribuem para visão negativa

Jamie Dimon conclui venda de ações do JPMorgan em valor acima de US$ 33 mi

Em outubro, o banco disse que o CEO e sua família planejavam liquidar algumas ações por motivos de diversificação financeira e planejamento tributário

PUBLICIDADE